A Tecnologia da Informação como diferencial na Gestão Hospitalar

Sexta-feira, 4 de maio de 2018

Ao falar de Gestão hospitalar é preciso abordar assuntos relativos à Tecnologia da Informação.

As mudanças de comportamento e consumo foram os principais pilares para que empresas da área de saúde percebessem a necessidade de investir mais em tecnologia, como forma de facilitar e dinamizar seus serviços.

Com a expansão do mundo digital, os consumidores estão cada vez mais exigentes e mais informados. Por isso a área da saúde sentiu a necessidade de acompanhar essa evolução. Para atender essa nova demanda, empresas de tecnologia começaram a desenvolver aplicativos e sistemas que facilitem a vida de médicos e pacientes, e que agilizem processos.

Como exemplos, podemos citar o agendamento online de consultas e o resultados de exames diretamente nos sites dos laboratórios. Já as redes sociais passaram a funcionar como uma forma de divulgação e troca de informação entre profissionais e o sistema de gestão do relacionamento com o cliente (CRM). Esse sistema, que antes operava através de telefonemas e correspondências, agora funciona por chats, sites e e-mails.

Para trazer e implantar toda essa nova tecnologia de forma que ela se torne eficiente, dinâmica e de fácil compreensão, por parte dos usuários, e de extrema importância que um
profissional seja consultado. Sempre que abraçamos um projeto, em que entendemos que há espaço para melhoria de performance, seja operacional, financeira ou outra área, uma das primeiras avaliações é: como a empresa se relaciona com os seus clientes? Ainda está na forma tradicional, de telefone ou e-mail? Ou ela está buscando estreitar esse relacionamento em todos os canais?

Metaforicamente, é como se tivéssemos uma casa em que as pessoas quisessem entrar mas ela possui apenas uma porta. Os novos canais de relacionamento representam aqui outras várias portas, pelas quais o cliente acessa os serviços, seja no agendamento, chat, WhatsApp, Facebook, Instagram, etc. Desse modo, temos o objetivo de facilitar a vida do cliente e aumentar sua satisfação, disponibilizando mais canais de acesso para deixarem suas sugestões, reclamações ou dicas. Aumentando a fidelidade e diminuindo o Churn Rate (Taxa de Cancelamento).

Compreendemos que muitas cidades do interior do Brasil ainda se predomina o modelo tradicional. No entanto, o cliente espera sempre ser surpreendido, esteja onde for.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *